Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Jardim Secreto

O Jardim Secreto

31
Ago17

Séries favoritas - Agosto de 2017

1 - Top of the Lake

"Top of the Lake é uma série de televisão de drama e mistério criado e escrito por Jane Campion e Gerard Lee, e dirigido por Campion e Garth Davis. Filmado e ambientado em Nova Zelândia, a série segue uma detetive (Elisabeth Moss) investigando o desaparecimento de uma menina de 12 anos grávida."

A minha opinião: Esta série conquistou-me aos poucos. Tem um ambiente muito misterioso, uma detective forte e vulnerável ao mesmo tempo, com fraquezas e traumas do passado. Aborda temas muito relevantes na actualidade. Não sei apontar o quê ao certo que me fez adorar esta série, logo eu que não sou muito de coisas de crime. A segunda temporada então, "devorei", vi-a em dois ou três dias. Vejam. Vale muito a pena. Infelizmente, já acabou e já vi todos os episódios.

 

2 - Midnight, Texas

"Midnight, Texas é um série americana de drama sobrenatural. É baseada numa série de livros com o mesmo título da autora Charlaine Harris, que também escreveu os livros que foram adaptados para a série de televisão True Blood."

A minha opinião: Mediuns, bruxas, vampiros, assassinos... Essa série tem todos os ingredientes para entrar para a minha lista de séries favoritas e de facto, estou a adorar! Quem gosta de True Blood e The Vampire Diaries, vai ficar fã desta!

 

3 - Mercy Street

"Mercy Street é um drama histórico que ocorre durante a Guerra Civil Americana e segue duas enfermeiras voluntárias de lados opostos que trabalham no Hospital Mansion House, em Alexandria, Virginia."

A minha opinião: Gosto muito desta série. Dramas históricos são um dos meus géneros favoritos. Tem drama, tem romance, tem aquele charme de acontecimentos e pessoas do passado... Vale muito a pena ver, para quem gosta do género.

 

******

Essas são as únicas séries que tenho acompanhado ultimamente. Como vêm são pouquinhas e já acabei de ver Top of the Lake. Quais são as vossas séries favoritas? Têm alguma recomendação?

27
Ago17

Eu vi: Baywatch - Marés Vivas

Sobre o filme: O ex-atleta olímpico Matt Brody quer se juntar a uma equipe de salva-vidas de elite liderada por Mitch Buchannon. Quando as drogas e o suspeito dono de um resort ameaçam a baía, Mitch e Matt precisam colocar suas diferenças de lado e entrar em ação.

A minha opinião: Não fiquem à espera que este filme seja o filme do ano, com actores revelação, uma história fenomenal, nem nada disso. É, aliás, bastante cliché, com a boazona, o nerd, o popular... Dito isto, eu gostei. Gostei muito, porque nem dei pelas duas horas do filme a passar. É definitivamente uma comédia, é um filme bastante engraçado, eu que nem sou de me rir em voz alta a ver filmes, dei por mim a rir com este. É um filme leve, que se enquadra perfeitamente nos dias e noites de verão e muito divertido. Só não o vejam com crianças por perto, pois tem algumas cenas e linguagem um pouco sexuais.

Classificação: 3,5 / 5

Mais informação aqui. Trailer aqui.

22
Ago17

Rosas e espinhos

https://static.tumblr.com/655004dcb003411f7021fcec5661924c/vg6kczp/uWTn8ocnz/tumblr_static_tumblr_static__640.jpg

 

Eu pedi-te rosas, e tu deste-me espinhos.

Eu pedi a tua mão, e tu entregaste-me uma luva branca.

Eu pedi-te paz, e tu deste-me noites sem dormir.

Eu pedi-te sorrisos, e tu deste-me lágrimas.

Eu pedi-te segurança, e tu deste-me um mar revolto em dia de tempestade.

 

Eu pedi tanto... Tanto e ao mesmo tempo tão pouco. Pois que te pedi eu senão amor, tempo e comprensão? Será muito? Talvez tenha sido muito, para ti, naquela hora, naquele lugar. Mas apesar do silêncio entre duas almas que se afastam, dou por mim ainda prisioneira do teu olhar, do teu sorriso. Apesar do silêncio, as palavras voltaram. Será que estás pronto para me dar o que te pedi? Não sei. Não sei se tu próprio sabes.

Mas garanto-te isto: Não te voltarei a pedir nada.

 

Pois se queres rosas, não me dês espinhos.

Se queres a minha mão, não me dês uma luva branca.

Se queres paz, não me dês noites sem dormir.

Se queres sorrisos, não me dês lágrimas.

Se queres segurança, não me dês um mar revolto em dia de tempestade.

 

E se queres palavras, então não deixes o silêncio instalar-se de novo.

16
Ago17

Eu vi: The Ottoman Lieutenant

 

Sobre o filme: The Ottoman Lieutenant é um drama turco-americano que tem como tema principal a I Guerra Mundial. É também uma história de amor sobre um triângulo amoroso, constituído por uma jovem enfermeira americana idealista, um médico americano e um corajoso tenente. 

 

A minha opinião: Eu, apaixonada que sou por dramas de época, quando vi este no popcorn time, não resisti. Romance? I'm in. Tempos de guerra? I'm in. Tudo isto com o charme de antigamente e actores que são um regalo à vista... Que mais se pode pedir? Tinha tudo para dar certo!

No papel de Ismail, um muito sexy e corajoso tenente, temos o mesmo actor que deu vida a Daario Naharis em Game of Thrones, todo ele com aquele ar de herói exótico... No outro extremo, temos o não menos apetitoso Josh Hartnett no papel de Dr.Jude, conhecido por actuar em vários filmes e séries, como Pearl Harbor e Penny Dreadful, com aquele ar intelectual e sofrido. Precisamente no meio, temos a heróina, uma enfermeira que se voluntaria para trabalhar num hospital no outro lado do mundo mesmo antes de rebentar uma guerra. Toda ela uma mulher decidida, frontal, apaixonadíssima pelo tenente (quem a pode censurar?) e alvo das atenções do senhor doutor.

É um filme com cenários lindos, com personagens muito apelativas. Se é um bocadinho cliché? Sim, não é nada que vá quebrar qualquer barreira cinematográfica... Mas e depois? Aborda temas como a coragem que é preciso ter e que nos é impossível imaginar em tempos de guerra, os laços que se formam quando ajudamos alguém, a perda de pessoas que nos são queridas, os horrores da guerra... e o aparentemente simples, mas muito díficil, acto de abrir mão de alguém que amamos.

Gostei do filme? Gostei. Gostei do final? Não. Foi uma coisa muito á Nicholas Sparks para o meu gosto, mas se não se importam de derramar uma ou outra lágrima então vejam. Mais não seja por causa da gente linda que aparece no filme.

 

Classificação: 3,5 / 5

 

Mais informação aqui. Trailer aqui

Pág. 1/2