Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Jardim Secreto

O Jardim Secreto

28
Jan17

Opinião #4 - Livro "O Rio Sabe"

Sinopse: O primeiro beijo de Louisa Bryce e Anthony Stalbridge nada teve de romântico: foi uma manobra de diversão para não serem apanhados onde não deveriam estar. E o que os une não tem nada a ver com paixão ou romance. Ambos pretendem desmascarar Hastings, um eminente aristocrata. Louise acredita que Hastings tem ligações a um conhecido bordel, enquanto Anthony desconfia que o nobre esteve envolvido na morte da sua noiva, que morreu afogada no Tamisa. Mas fazer Hastings pagar pelos seus crimes poderá ser mais difícil e perigoso do que ambos pensavam... 

 

Esta semana terminei a leitura do livro "O Rio Sabe" da autora Amanda Quick. Foi o primeiro livro que li da autora, aliás, nunca tinha ouvido falar da mesma sequer. 

Gostei muito. É um drama de época, com crime, romance e alguma comédia à mistura. A trama gira à volta do suposto suicídio de duas jovens mulheres, sendo que uma delas era a noiva de Anthony que, por conhecê-la, tem dúvidas que a noiva se tenha realmente suicidado e por isso começa a investigar. No decurso da sua investigação, depara-se com a viúva Louisa Bryce, que tem os seus próprios objectivos e que também faz algumas investigações por conta própria. 

Ambos começam a manter um romance de "fachada" para enganar os seus inimigos, mas depressa transforma-se em algo mais. 

A minha personagem favorita foi sem dúvida Louisa Bryce. Corajosa, determinada, misteriosa e peculiar, seria como a descreveria. É uma personagem que trás grandes surpresas e que tem um carácter forte.

Já Anthony faz parte da nobreza, mas não age como tal. É inteligente, astuto, persistente e com um grande sentindo de honra. 

É impossível não gostar das personagens e não torcer para que acabem juntos.

Este livro é uma delícia de ler, recomendo a qualquer pessoa mesmo, por ter um pouco de tudo.

 

**********************************************************************************

 

30 days of gratitude #11 - Qual é o feriado pelo qual estás grata?

O Natal, pois claro. Não há outro igual. É quando a família está (ou pelo menos deve estar) reunida, com boa comida, boa conversa, gratidão e amor. O Natal é mágico, pelo menos para mim. 

 

30 days of gratitude #12 - Qual é a textura pela qual estás grata?

Hum... A textura dos meus cobertores, que me mantêm quentinha nestes dias frios.